O intestino é sabido que é necessário ter alguma permeabilidade de forma a que seja possível nutrientes penetrarem através da mucosa intestinal e entrarem na corrente sanguínea para que forneçam a nutrição necessária a cada uma das triliões células que temos no nosso corpo bem como ativação ou desativação de sistemas e metabolismos do organismo.

Ora, o problema é quando certos alimentos podem provocar um aumento da permeabilidade e com esta a penetração de vários compostos nutricionais e não nutricionais.

O aumento da permeabilidade do intestino delgado pode:
Aumentar o numero de compostos estranhos que entram na corrente sanguínea;
Permitir anticorpos reagirem com o tecido do nosso corpo e levar-nos a processos autoimunes;
Melhorar a absorção de compostos tóxicos que podem sobrecarregar o fígado levando a processos de sensibilização.
O aumento da permeabilidade do intestino acontece quando:
  • Doença inflamatória intestinal
  • Alergia alimentar
  • Doenças articulares
  • Outras
Estudos demonstram que o aumento da permeabilidade observado, por exemplo, em pacientes com diagnostico de espondilite anquilosante, artrite reumatoide podem ser um facto importante na patogenese desses distúrbios.
A diminuição da permeabilidade, por outro lado, aparece como uma causa fundamental de má absorção, desnutrição e desequilíbrios que podem provocar déficit no desenvolvimento.
Em determinadas patologias do intestino delgado, como a sensibilidade ao glúten, a permeabilidade a grandes moléculas pode aumentar e em simultâneo a permeabilidade a pequenas moléculas diminui podendo provocar danos às microvilosidades o que resulta que os nutrientes como se encontram menos disponíveis no organismo há uma dificuldade acrescida na desintoxicação dos anticorpos que inundam o sistema.
Possíveis causas de permeabilidade intestinal:
  • Inflamação intestinal
  • Ingestão de alimentos tóxicos ou alimentos que contêm químicos
  • Deficiência na secreção de IgA

Há contudo algumas situações que necessitamos de melhorar a permeabilidade intestinal, quer seja por uma dificuldade de absorção de nutrientes após um processo de doença, quer por outro motivo qualquer, então, afinal de quais nutrientes o meu intestino precisa?

  • Glicina
  • Glutamina
  • Vitamina A
  • Vitamina D
  • Zinco
  • Potássio
  • Magnésio
  • Omega 3
Estes são alguns dos nutrientes que podem ajudar na reabilitação do intestino, mas sabe onde os encontrar?
  • Alimentos de origem animal: peixe, frango e ovos;
  • Lentilha, feijão, grão de bico, favas, ervilhas;
  • Amaranto, gérmen de trigo, aveia, arroz integral, quinoa;
  • Couve, brócolos, abóbora, espinafre, milho, espargo, alface, repolho, salsa, cenoura;
  • Proteína isolada de soja;
  • Sementes de abóbora;
  • Algas marinhas (clorela, dulse, spirulina).
Procure ajuda num profissional de saúde da área de nutrição pois cada caso é um caso.
MR

Deixe uma resposta

Fechar MENU