Esta é aquela pergunta que penso que todos sabemos a resposta, mas já ouvi de alguns profissionais de saúde que a alimentação nada tem a haver com a saúde do individuo. Aqui eu deixo a questão no ar, então para que comemos?

Mas hipocrisia à parte são muitos os estudos que associam a alimentação à saúde do individuo e à boa manutenção do sistema imunitário.

Mais que comer o que nos pode ajudar a melhorar o quadro inflamatório do nosso organismo, é NÃO comer o que provoca inflamação, mas para isso, tem que ir ter com um nutricionista que avalia a sua alimentação e identifica qual ou quais alimentos que podem ser inflamatórios.

Há alimentos que combatem a inflamação…

1. Determinadas especiarias…
A maioria das especiarias contêm propriedades anti-inflamatórias e para conseguir esse poder não precisa de consumir demais. Adicione especiarias como a pimenta, cardamomo, açafrão, cominhos, gengibre, entre todas as demais na sua alimentação que além de lhe dar sabor dar-lhe-à saúde. Coloque-as nas leguminosas, sopa, batidos, legumes salteados, tofú ou para os mais corajosos, porque não açafrão num iogurte por exemplo?

2. Folhas verdes escuras
Couve kale, couves de todas as variedades, espinafres, rúcula, acelgas, etc. Certas folhas, são duras e nem sempre fáceis de serem ingeridas cruas, faça como eu ensino nos meus workshops, amasse-as bem, corte-as finamente e use-as numa salada, salteadas ou se quiser, num sumo verde.

3. Determinados frutas
Morangos, mirtilos, framboesas, cerejas, arandos e outras bagas. Use em sumos, batidos, inteiros, haja imaginação.

4. Frutos secos
Um punhado de frutos secos por dia pode fazer a diferença, como amêndoas, nozes ou avelãs. Use-as numa papa, num iogurte ou numa salada.

5. Tomates
Os tomates além de terem um sabor maravilhoso, aqui o poder em fito-nutrientes/ fito-químicos essenciais para prevenir e até ajudar no tratamento de várias patologias. Use-os em saladas, massas, pizzas, molho bolonhesa em legumes,

6. Leguminosas
Feijões , grão-de-bico, lentilhas, favas, etc. Germinados, cozidos, em molho, hambúrguer, almôndegas ou até em pastas de barrar, há tantas formas de as comer. Haja imaginação.

O que estes alimentos têm em comum são os famosos Anti-oxidantes que têm a capacidade de prevenir e reparar os danos nas células causadas pela inflamação. [2]
Enquanto há alimentos que têm poucos ou nenhuns compostos anti-oxidantes e até pelo contrário, provocam inflamação, há outros, os do reino vegetal que excedem-se destes compostos.

Fonte: Nutritien Studies

Deixe uma resposta

Fechar MENU