Hoje é um dia que sinaliza o cancro da mama.

Quem conhece o meu trabalho sabe o quanto me dedico à área da oncologia. Este é um dia que quem já sofreu, quem sofre e quem é mulher sente-se fragilizada e até preocupada.

Eu acredito que a alimentação tem um impacto na nossa saúde importantíssimo e que a alimentação isenta de produtos de origem animal e rica em determinados produtos de origem vegetal possa fazer parte do tratamento ou até mesmo, em certas situações, ser o tratamento não me arriscaria a escrever livros sobre a matéria nem tão pouco ter determinada postura na forma como promovo os planos alimentares nas mais diversas patologias. Há várias constatações ao longo dos anos que a alimentação especifica pode fazer toda a diferença. Por exemplo, no cancro, e segundo a World Cancer Research Fund International, 31% dos factores de risco de ter um cancro devem-se à gestão de peso e obesidade. No que diz respeito ao cancro da mama, deixo-vos o quadro da entidade WCRFI.

Deixe uma resposta

Fechar MENU